Corona Vírus faz crescer número de pedidos pelo ifood

Corona Vírus faz crescer número de pedidos pelo ifood

Com as pessoas evitando sair de casa devido ao Corona Vírus, o número de pedidos feitos em aplicativos de comida vem subindo bastante.

“As pessoas se sentem mais seguras fazendo um pedido via Rappi e evitando concentrações massivas”, informou a Rappi em comunicado à Reuters

Isso abre uma oportunidade para você que trabalha com faça e venda nesse momento de crise que estamos vivendo.

O QUE PRECISA PARA VENDER NO IFOOD?

Antes de realizar o seu cadastro, é preciso cumprir alguns requisitos para vender no iFood, respeitando algumas exigências mínimas, tais como:

  • ter acesso a uma internet rápida e estável;
  • possuir, pelo menos, um computador;
  • contar com uma equipe de entregas própria (o aplicativo disponibiliza o serviço de entregas apenas em algumas cidades do País);
  • garantir atendimento rápido;
  • possuir CNPJ.

Então se você possui todos esses requisitos é uma boa forma de garantir suas vendas nesse momento de crise.

NÃO TENHO CNPJ, O QUE FAZER?

Se você não possui um cnpj mas não pode ficar sem trabalhar nesse momento de crise qual a melhor solução?

Você pode fazer entregas sem ser por aplicativos, divulgue pelas redes sociais o que você tem para vender, chame um uber para ele entregar para você os pedidos.

Nesse momento de quarentena as entregas não vão parar, mas você precisa tomar alguns cuidados.

Veja no infográfico feito pelo G1 as prevenções necessárias:

Quer aprender a trabalhar em casa com encomendas de bolos e doces não só nesse momento de crise mas para sempre, assista ao vídeo:

QUER APROVEITAR ESSE MOMENTO PARA ESTUDAR E APERFEIÇOAR SUA DECORAÇÃO DE BOLOS? CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.